Vem aí a 4ª edição do Congresso Online de TI

congresso-de-ti-capa-face-4-edicao2

Acontecerá nos dias 06 a 10 de junho a quarta edição do Congresso Online de TI. Este evento reúne dezenas de  profissionais e possibilita 5 dias com um pouco mais de 15 horas de palestras por dia.

O congresso é gratuito para quem assistir as palestras no dia e hora em que estiver sendo transmitido, caso tenha interesse em assistir ou realizar o download dos áudios, você deve se tornar um membro do Congresso Online de TI.

Acesse o site, confira a programação e faça sua inscrição.

[mks_button size=”medium” title=”Programação” style=”rounded” url=”http://congressodeti.com.br/#programacao” target=”_blank” bg_color=”#1e73be” txt_color=”#FFFFFF” icon=”fa-calendar” icon_type=”fa”]

O humilhante fim da era Lula

Para o bem ou para o mal, Lula deixa seu nome na história do país. De líder do povo a líder soberbo e quase intocável, Lula mostra como o poder e a ganância corrompem àqueles que tentam se perpetuar no poder a todo custo. Deixo com vocês, o texto de Hugo Cilo, publicado na Isto é Dinheiro sobre o fim da era Lula.


Foto: ABr

Foto: ABr

Poucos personagens da história política brasileira tiveram tanta capacidade de convencer e emocionar multidões quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sua imagem era o reflexo do povo. Origem pobre, sobrenome Silva, imigrante nordestino que deixou o sertão para vencer a miséria e encontrar um lugar ao sol na cidade grande. Com um microfone na mão, seus discursos inflamados eram de arrepiar, apesar da crônica dificuldade em acertar a concordância do verbo e o plural – algo que, provavelmente, o aproximava ainda mais de seus seguidores.

Ascendeu ao poder e liderou uma transformação social. Uma biografia que impressiona, digna de enredo de filmes e de livros. O mito Lula parecia indestrutível. Ele mesmo estava convencido disso. O último capítulo de sua história política, no entanto, está sendo escrito como um fim humilhante e melancólico. A soberba, a arrogância, a certeza de que nada poderia dar errado fizeram com que Lula colocasse no poder Dilma Rousseff – a mais incapacitada, tecnicamente falando, presidente da história da República.

A falta de concordância verbal foi substituída pela falta de sentido. Deu no que deu. Além disso, certo da impunidade, a turma governista, sob o guarda-chuva de Dilma e Lula, se curvou à tentação do crime, institucionalizou o maior e mais complexo sistema de corrupção que se tem notícia no País e empurrou a economia para uma aguda crise – que, se durar uma década, será pouco. Sob a ótica política, o pior está por vir. O iminente impeachment de Dilma, que insiste na estúpida e vergonhosa tese de golpe, não é nada perto do estrago que será causado em definitivo ao futuro político de toda a companheirada petista.

Os militantes que preservaram a capacidade de raciocinar já deixaram o partido. Sentem vergonha do chiqueiro que o Brasil se transformou. Muitos daqueles que ainda mantêm a estrela vermelha no peito, como o prefeito paulistano Fernando Haddad, ensaiam pular do barco furado, mas temem melar ainda mais a situação ao serem rotulados de vira-casaca. E, quanto mais tentam evitar o inevitável, Lula e o PT mais se afundam.

Nos bastidores, em Brasília, Lula faz promessas, oferece nomeações e negocia verbas com os parlamentares que ajudarem a derrubar o impeachment, prática semelhante ao praticado em outros episódios recentes, como o mensalão e a troca de contratos públicos por empréstimos de sítios, de tríplex na praia, por antena de celular no meio do nada e outros mimos. A velha prática “eu te ajudo, você me ajuda” – o fisiologismo que o PT tanto condenou na oposição – é a única forma que o partido de Lula conhece de fazer política e gestão da coisa pública.

O esculhambo com a democracia, a mesma que tem sido evocada de minuto em minuto pelos defensores de Dilma, se estende a todas as repartições petistas. A CUT, uma sucursal mal-intencionada do PT, disse que não reconhecerá um eventual governo Temer, ao mesmo tempo em que paga R$ 300 para cada participante que for a Brasília protestar contra o “golpe”. Não adianta espernear. Dilma, Lula e o PT fracassaram. Não apenas entre os 69% da população que considera o governo atual como ruim ou péssimo, mas também politicamente, juridicamente, moralmente, criminalmente. A era Lula, de forma humilhante, está perto do fim.

[mks_button size=”large” title=”Fonte” style=”squared” url=”http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/artigo/20160401/humilhante-fim-era-lula/356913″ target=”_blank” bg_color=”#ffffff” txt_color=”#1e73be” icon=”fa-info” icon_type=”fa”]

Curso online: Artes Gráficas com Software Livre

A Comunidade Sempre Update lançou a cerca de 1 mês um curso online voltado para artes gráficas utilizando softwares livres, como Inkscape, Gimp, Scribus. O conteúdo é ministrado por Bárbara Tostes.

SU-curso-artes-graficas-SL-chamada-CAPA-810x466

O curso é voltado para leigos, alunos e profissionais da área de artes gráficas e o melhor, totalmente grátis. O objetivo do curso é apresentar soluções livres para criação gráfica em geral e noções básicas de design.

[mks_accordion]
[mks_accordion_item title=”Áreas de Conhecimento/Aplicação Prática”]

  1. Introdução aos Softwares Livres – Primeiros passos e familiarização. Conhecer as ferramentas e realizar operações básicas.
  2. Imagens no GIMP, Inkscape, Scribus, LibreOffice – Saber diferenciar os tipos de imagens de mapa de bits (bitmaps) e vetores. Copiar objetos e configurar seus parâmetros, importar fotografias e objetos de clipart.
  3. Preenchimento e contorno, propriedades dos objetos
  4. Criar figuras e desenhos nos Softwares Livres – Conhecer as diferentes opções que os aplicativos permitem para criar formas e figuras. As operações booleanas (aparar, soldar, interseção) ajudam na criação de desenhos e seleções.
  5. Textos – Importar textos e gerenciar fontes (instalação de novos tipos). Diferenças de textos e edições.
  6. Vetorização de imagens – Como utilizar e aproveitar as diversas maneiras de vetorizar; redesenho.
  7. Efeitos especiais – Conhecer e aplicar efeitos que enriquecerão os trabalhos criados. [/mks_accordion_item]

[mks_accordion_item title=”Conteúdo previsto”]

[/mks_accordion_item]
[/mks_accordion]

[mks_button size=”medium” title=”Acesse a comunidade” style=”rounded” url=”http://sempreupdate.org” target=”_blank” bg_color=”#000000″ txt_color=”#FFFFFF” icon=”icon-link” icon_type=”sl”]

Aprenda inglês com música

Se você quer melhorar muito o seu inglês, uma ótima ideia é estudar o idioma com vídeos do YouTube. A seguir, você vai conhecer um canal  que trabalha o ensino da língua de modo bastante detalhado – utilizando músicas.

No espaço, lições sobre a língua são dadas trecho por trecho, som por som, ideia bastante interessante para quem está começando o aprendizado.

Entenda:

[mks_button size=”medium” title=”Saiba mais” style=”rounded” url=”https://www.youtube.com/watch?v=acacRcmSDqI” target=”_blank” bg_color=”#000000″ txt_color=”#FFFFFF” icon=”icon-link” icon_type=”sl”] [mks_button size=”medium” title=”Inscreva-se no canal” style=”rounded” url=”https://www.youtube.com/user/reportercultural?sub_confirmation=1″ target=”_blank” bg_color=”#000000″ txt_color=”#ffffff” icon=”fa-youtube” icon_type=”fa”]

[mks_button size=”medium” title=”Fonte” style=”rounded” url=”https://catracalivre.com.br” target=”_blank” bg_color=”#ffffff” txt_color=”#0a0a0a” icon=”icon-anchor” icon_type=”sl”]

Migrando o blog

Pra começar o ano, migrei as postagens do meu blog (smkbarbosa.wordpress.com) para este endereço, por um simples motivo: atualizar uma única página. No menu ao lado, você pode conferir as postagens de anos anteriores.

Samuel Barbosa-48

Este ano, as informações publicadas por aqui terão um acréscimo do conteúdo discutido no Conselho Superior do IFTO, com as minhas opiniões sobre os assuntos sempre que necessário, afinal, este endereço foi priorizado também para manter o contato com os colegas técnico-administrativos.

Aproveito para desejar um 2016 de grandes conquistas a todos.

Até mais 🙂