desenvolvimento web com django

Desenvolvimento Web com Django: Organizando o ambiente

Recentemente eu comecei a aprender como trabalhar com o framework Django no curso Welcome to the Django e gostaria de deixar registrado aqui, como é o processo de organização para trabalhar com projetos de desenvolvimento, um padrão que pode ser rapidamente assimilado para a vida.

Então, vamos aos passos:

Instalar o Python

Pra não correr o risco de danificar seu sistema operacional, vamos utilizar o pyenv para gerenciar nossa instalação do python e criar um ambiente virtual para desenvolver com o django. O primeiro passo, é atualizar os pacotes e instalar as dependências (ps: estou utilizando o ubuntu 17.04):

sudo apt update
sudo apt upgrade
sudo apt install -y make build-essential libssl-dev zlib1g-dev libbz2-dev libreadline-dev libsqlite3-dev wget curl llvm libncurses5-dev libncursesw5-dev xz-utils tk-dev git

Baixando e instalando o pyenv:

curl -L https://raw.githubusercontent.com/pyenv/pyenv-installer/master/bin/pyenv-installer | bash | bash

Abra o .bashrc e adicione o conteúdo conforme a indicação no final da instalação, que deve ficar assim:

nano .bashrc

E adicione ao final do arquivo:

export PATH=”$HOME/.pyenv/bin:$PATH"
eval "$(pyenv init -)"
eval "$(pyenv virtualenv-init -)"

Feche o terminal e abra novamente.

Agora que o pyenv está instalado, vamos proceder para a instalação do python.

Lista as versões disponíveis para instalação

pyenv install -l 

Vamos instalar o python 3.6.1

pyenv install 3.6.1

Com o comando pyenv versions, verificamos que temos a versão do sistema e versão que instalamos dentro do diretório local do usuário, sendo que a versão do sistema está como padrão (*):

pyenv versions
* system
3.6.0 (set by /home/smkbarbosa/.pyenv/version)

Vamos alterar isso com o comando abaixo:

pyenv global 3.6.1

Execute o pyenv versions novamente e verá que o padrão agora é a nossa versão instalada pelo pyenv.

Organizando o ambiente para o Django

Agora que o python está ok, vamos instalar o django. Gravei essa parte com asciinema e é muito simples de seguir.

Antes, adicione no .bashrc a seguinte linha:

alias manage='python $VIRTUAL_ENV/../manage.py'

Isso será o nosso atalho equivalente a python manage.py e facilitará bastante a execução de comandos.


 

É isso, mãos à obra!

Fonte