Viva para Deus

Precisamos crer que o nosso eu já foi crucificado com Cristo, e também crer que Ele está vivendo em nós. Se nossas atitudes são muito diferentes das atitudes de Cristo, precisamos verificar se realmente estamos mortos para o pecado. Este é o processo de santificação. Quanto mais percerbemos nossas atitudes erradas, comparando-as com as atitudes de Cristo, mais nos arrependeremos, e submeteremos nossas vidas a Ele, e pela fé viveremos de vitória em vitória. (Pr. Edison Queiroz)

Pois eu pela lei morri para a lei, a fim de viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gálatas 2.19-20

Você ama a Jesus? Mesmo?

A Bíblia nos mostra muito sobre a vida e o caráter de Jesus enquanto esteve com seus discípulos e, em um desses momentos, Jesus faz uma espécie de bate papo bem aberto e claro com eles.

Em João 14, Jesus trata com seus discípulos o caminho que eles devem seguir para chegar até a morada dos céus.  Ele diz que está preparando as casas para todos aqueles que O conhecem e que quando estiver tudo pronto, virá nos buscar e mais, que nós conhecemos o caminho que Ele fez pra lá:

Vocês conhecem o caminho para onde vou”. (v. 4)

Nós dizemos que conhecemos a Jesus, mais não o seguimos. Deus faz tantas coisas por nós, age todos os dias através de ações e circunstâncias diárias e ainda assim, nós não o vemos (tem pessoas que pedem pra Deus fazer qualquer sinal pra saber que Ele tá por ali). Isso seria facilmente resolvido quando temos intimidade e andamos com Jesus. Ele mesmo afirma isso: “Creiam em mim e verão que as obras que eu faço são as mesmas do meu Pai. Se vocês crerem em mim, vocês farão a mesma coisa e farão coisas maiores. (v. 12)”

Você ama a Jesus? Mesmo?

Então, você deve ser um bom cumpridor dos mandamentos não é?

  • Não tem outros “deuses”;
  • Não tem imagem de escultura;
  • Não toma o nome de Deus em vão;
  • Separa um dia para descansar e adorar a Deus;
  • Honra o pai e a mãe;
  • Não mata;
  • Não adultera;
  • Não rouba;
  • Não levanta falso testemunho contra o próximo;
  • Nem tem desejo pela mulher do outro…..

Mais, lembra que Jesus resumiu esses 10 aí pra apenas 2?

 …‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor. Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças’.O segundo é este: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maior do que estes”. (Marcos 12.29-31)

Jesus ainda diz: “Aquele que tem os meus mandamentos e os obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei, e me revelarei a ele (v. 21)”.

Então amigo, vamos parar de buscar Jesus nas coisas “gospeis” da vida e focar no que realmente importa, um relacionamento com Deus. Preste atenção no que Deus faz ao seu redor, todo dia tem uma oportunidade diferente de Deus manifestar o seu amor por nós e da gente manifestar o amor de Deus na vida de alguém.

Fiquem na paz!

Reflexões que me edificam (2)

“Deus, pois, fez os animais selvagens segundo as suas espécies, e os animais domésticos segundo as suas espécies, e todos os répteis da terra segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom.” Gênesis 1:25 AA


Deus viu que seu trabalho era bom. As pessoas às vezes se sentem culpadas por ter um bom tempo ou para se sentir bem sobre uma realização.

Isso não precisa ser assim.

Assim como Deus se sentia bem sobre seu trabalho, podemos estar satisfeitos com o nosso.

No entanto, não deve se sentir bem sobre o nosso trabalho, se Deus não ficaria satisfeito com isso.

O que você está fazendo que agrada a você e Deus?